Profecia - Nissan 5780

"Não desprezeis a profecia, pois este é o tempo em que se dirá: 'Bem-aventurados os que têm um profeta no meio deles'. »

No mês de Tichri 5779, o Espírito me impeliu a tocar o shofar sobre o país todas as manhãs. Em Shevat 5780, falei em nome do Altíssimo Beato, dizendo que o ano 2020 será marcado por fortes distúrbios, provocando divisões, a guerra das línguas, o colapso dos valores.

"Isto é o que o Espírito está dizendo à Igreja hoje:

O anjo do Senhor desceu e despertou um demônio chamado Ak'Bakara*. À noite ele semeia terror e de dia envenena tudo, até mesmo a comida, a comida impura que o homem consome.

As crianças choram os seus pais e os pais choram os seus filhos.

Ai do portador, ai do chorão. Pois as lágrimas ficarão infectadas e as entranhas arderão.

Todos vão fugir para sua casa. As portas serão fechadas, as janelas serão trancadas, todos viverão como um ermitão, escondidos em sua casa, para que o demônio não entre em sua casa.

"Não quero saber do frio", diz o Senhor. "Eles abusaram do seu livre arbítrio, ai estão eles!

"Não quero saber de água a ferver", diz o Senhor. "Eles escolheram o seu caminho, no Dia do Senhor terão a sua recompensa"...

A ti que dizes que estás a ferver mas estás banhado pelo teu orgulho: o que fizeste com a minha Igreja?!? Pregas a unidade, mas alimentas a divisão; alimentas as raízes, mas sugas toda a seiva delas; recolhes os meus dízimos e ofertas, mas desprezas o meu Templo. O que devo fazer contigo?!?

"Não quero saber de morno", diz o Senhor. "Deixa-os saber por si mesmos o que os espera. Pois eu falei e eles não me ouviram, eu mantive-me em silêncio e eles resmungaram. Eles terão a sua recompensa, aquela que merecem: um prato morno, indigesto, sem sabor".

Aqui estão os primeiros sinais do que está para vir. Como os primeiros frutos dos teus bens, eu te dou os primeiros frutos do meu amargor. Corre! Fuja! Porque o anjo do Senhor não está acabado; eu lhe dei 300 dias para tocar a terra, e 100 dias para colher.

A besta desperta. O mundo está a desmoronar-se, como a Torre de Babel em tempos fez. Aquilo com que o Homem contava já não é mais, a sua riqueza está a ruir, os seus bens estão a desaparecer, os seus esforços não são mais do que vento. Em vão ele levanta-se cedo, em vão ele vai para a cama tarde. Ele será como a erva que murcha sob o sol, à medida que o vento passa.

Chegou a hora! Está na hora!' gritam as nuvens. "Vem, vem, vem", responde aos anjos.

Há um grande tumulto no céu; as nuvens se formam e o vento habita nelas. Tudo é destruído. Onde havia segurança, haverá medo, onde havia paz, haverá guerra, onde havia fé, haverá dúvida.

O exército de anjos está a preparar-se. É forte com o ardor do Senhor. Os céus abrem-se, os olhos olham para cima, o terror desperta.

A noiva chora pelo seu noivo. O noivo está à procura da noiva dele. A noiva vai levantar-se quando o noivo aparecer. »

* * *

"O que teria eu, então, rejeitado os filhos de Abraão? Eu teria negado os filhos de Isaac? Será que me esqueci dos filhos de Jacob? Quem é você para falar dessa maneira? Eu não te conheço!

Venha, vamos cortar a oliveira e tomar o seu lugar! Arrogantes como você é, são palavras tolas; você não sabe que você está enxertado no mesmo estoque?

Odeio as tuas festas, odeio a tua dança, já não consigo ouvir o teu canto. Pois o seu orgulho não tem medida!

Venha e deixe-nos negociar, venha e fale, sente-se para mediar, pois é isso que você ama. Dá-me as tuas lições, ensina-me, treina-me, tu que finges ter conhecimento. O que vais fazer quando eu abrir a minha boca? O que vais dizer quando a minha voz trovejar?

Não és mais do que vento e poeira. Apostei a minha vida em ti, mas arrependo-me. Vocês multiplicam as vossas missões, mas nenhuma delas tocou no meu amado Israel.

Já se foram os dias da evangelização! Já se foram os dias dos belos sermões. É de joelhos, em pano de saco e cinzas que vos espero.

Não colherás mais o que não semeaste e não semearás mais o que não colheste. Bendito seja aquele que compreende os mistérios da profecia!

Abre os olhos e vê: estou a enviar os meus arcanjos para os quatro cantos da terra. Eles soam o shofar em nome do Altíssimo. Caçar, fugir, abrir caminho! Retira-te para as tuas terras, liberta a terra, antes que o espírito te sopre, antes que o vento te consuma.

Reúnam o meu povo! Reúnam os meus filhos! Vamos para casa em Jerusalém! Pois o noivo vem à sua noiva e com ele consolação, seguindo-o com ricos presentes. Ele pagou o dote, ele vem para tirar aquele por quem deu tudo, ele tira aquele que sempre amou.

Israel! Israel! Veste a tua roupa de festa! Ele está a chegar! Ele está a chegar! »

* * *

"Vem, ajoelhemo-nos, oremos e invoquemos o nome de Yeshua. HaShem nos ouvirá; e porque rezamos em nome de Yeshua, Ele nos ouvirá. »

O que é isso? Você acredita que o nome Yeshua é uma palavra mágica que abre os céus para você? É à autenticidade, humildade e obediência que eu reconheço os meus filhos! É nele que eu reconheço o amor perfeito: é nele que guarda os meus mandamentos e os observa!

Você chama pelo meu nome, mas não observa a minha Torah. Você prega mentiras e leva o meu povo à ignorância. Eu falei em vão? Há uma única criança que saiba obedecer sem seguir as instruções do pai? O universo é mantido unido pela graça pura? Será que as árvores dão frutos por acaso? É porque o céu obedece às minhas leis que as estrelas não caem! É porque os pomares seguem as minhas estações que eles dão frutos!

Você se dá grandes títulos, veste adornos dourados, coleta tesouros, enche seus palácios de ouro e incenso. Reservas a salvação para aqueles que te são fiéis, a quem dízimos e ofertas. Mas debaixo das tuas vestes brilhantes cheiras a corrupção, suor de imoralidade, suor de devassidão. O tempo da grande meretriz, que leva meus filhos à escravidão, que os escraviza, que os submete a tribos pesadas, acabou. Eis que eu reúno os que me pertencem e espalho os que me insultam com a boca e com as suas obras.

O que são estes gritos e lágrimas que me vêm à cabeça?" Salve-nos! Salve-nos! "Estas são as tuas orações? São estes os desejos dos vossos corações? Será que eu vou ouvir as reivindicações de um povo profano? Vou responder à súplica do homem corrupto? Apenas um me tem sido fiel até à morte. Apenas um praticou a Torá, apenas um caminhou dia e noite nos preceitos do Senhor! E o sacrifício daquele homem era um cheiro melhor para o Senhor do que todos os vossos bodes e cordeiros. A vós que fingis segui-lo, eis que sois um mentiroso! Pois a tua boca te aproxima, mas as tuas acções afastam-te mil léguas!

Guarda os meus estatutos, guarda os meus mandamentos, e cumpre os meus mandamentos; e então viverás, só então serás salvo. Porque as minhas instruções te preservam da morte, os meus mandamentos te protegem da doença, as minhas leis te mantêm vivo. Mas tu recusas, és teimoso, desprezas a minha palavra. O homem só ouve o que quer; ele pratica o que lhe convém; ele recebe o que lhe convém bem. Ai daquele que fecha o seu coração à minha Torah! Ai daquele que fecha o seu coração às minhas instruções!

* * *

Vem, retira-te para o segredo do teu quarto. Veste as tuas roupas de luto. É de homem para homem que eu quero conhecer-te. É em privado que eu quero falar contigo. Cada homem por si à minha frente. Aqui vamos contar os seus dias, vamos fazer um balanço da sua vida, vamos aprender consigo.

Vá lá, levanta-te, está na hora de comer. Amargo para alguns, suave para outros, festivo para alguns. Cara a cara vamos partilhar e olho a olho vamos ficar em silêncio. Palavra por palavra, nós examinaremos suas ações, suas palavras, seus pensamentos. Nenhum yota vai escapar. Vais estar nua à minha frente. As nuvens vão olhar para a sua vida em todos os seus cantos secretos. Cada um de vocês será colocado debaixo da minha lupa. E vamos contar de 10 a 1 e de 1.000 a 40.

Ponha-se de joelhos; ouça a frase. Pois eu vou falar, eu vou julgar. Abençoados sejam os simples de espírito nesse dia. Haverá choro e choro, muita amargura e remorso. Haverá uma batida no peito, rolando em cinzas, chorando por ajuda. Quem estará lá para te ajudar? E os anjos vão soar shofar e um grande barulho será ouvido no céu.

Eis que eu irei aparecer. Para aquele que está escrito no seu livro, ele se levantará. E aquele que tiver andado em seus caminhos, ele permanecerá em seu caminho. "Este aqui é meu, este aqui é meu. Eu paguei o preço." As nuvens gritarão: "Louvado seja o Senhor pelo seu bom juízo". E os anjos se juntarão a eles e gritarão: "O Cordeiro de Deus é digno de reinar!". Bendito o homem que está escrito no livro do Filho do Homem.

Louvado seja o Senhor! Dêem graças pela sua rectidão! Pois Ele é justo e bom; Ele é reto e reto. Louvado seja o Senhor! Dêem graças pela sua rectidão! Pois ele não considera inocente o culpado; ele não ignora o coração torto. Louvado seja o Senhor! Dêem graças pela justiça dele! Pois ele mede com retidão; ele recompensa com retidão. Que cada criatura louve ao Senhor! Pois ele é justo e bom!

 

Texto original: francês
Traduzido por Deepl.com Pro